Entendendo e Adequando o Transformador de No-Break para Inversor Senoidal 5


Entendendo e Adequando o Transformador de No-Break para Inversor Senoidal

Entendendo e Adequando o Transformador de No-Break para Inversor Senoidal é um artigo acompanhado de vídeo aula que mostrará para você de forma clara e fácil como deverá proceder para fazer as modificações necessárias.

O No-Break

Entendendo e Adequando o Transformador de No-Break para Inversor Senoidal - Diagrama de Blocos

Veja o diagrama de blocos que ilustra o funcionamento de um no-break.

Um No-Break é também um inversor de tensão, pois na falta de energia elétrica da concessionária local, ele aciona o circuito interno de oscilador e passa a se comportar como um inversor, igual ao projeto inversor básico de tensão que tem aqui no site que você encontra aqui: Inversor de Tensão 12v/24v 110v/220v, portanto é primordial entender e adequar o transformador de no-break para usar em um Inversor Senoidal.

Quando há energia na rede elétrica, o No-Break exerce duas funções, uma é a de um carregador/flutuador de baterias e a outra função é a de um estabilizador de tensão.

Na imagem ao lado, pode ver o diagrama de blocos que explica o funcionamento de um no-break, e assim facilitar o seu entendimento no decorrer do artigo.

Neste artigo vamos falar dele como inversor de tensão, sobretudo explicar como você deverá proceder para realizar a adequação para utilizar o transformador de no-breaks no projeto de inversor de onda senoidal.

A adequação do transformador para utilização com o projeto inversor de onda modificada, a maneira da adequação é diferente, e pode ser encontrado vídeos no meu canal no YouTube mostrando este processo.

No-Break como Inversor

Quando falta energia na rede elétrica, neste momento é solicitado a energia acumulada nesta bateria, e assim o No-Break passa a funcionar de imediato como um inversor de tensão, sem que haja a interrupção do funcionamento da carga que esta ligada nele, normalmente computadores.

Então como o no-break também é um inversor, podemos utilizar o seu transformador para montar um inversor de tensão dedicado a este uso, haja visto que o no-break como já vimos tem mais funções além do inversor, e por este motivo não é possível utilizar para o projeto o transformador exatamente como o tiramos do no-break, principalmente quando o no-break é de onda modificada ou de onda quarada.

 

Por que tenho que modificar o transformador?

Você precisa entender e adequar o transformador de no-break para usar em um inversor senoidal por um motivo bastante simples, pois como já falado acima, queremos utilizar o transformador em um inversor de onda senoidal pura, e o transformador é dedicado para inversores de onda quadrada ou senoidal modificada, e isto impossibilita que o nosso inversor tenha o funcionamento desejado, portanto é necessário fazer a modificação do Secundário do transformador, que no caso para uso com inversor este secundário passa a ser o primário.

O primário de todo e qualquer transformador, é sempre o lado onde chega a tensão alternada, logo um transformador pode ser encarado como uma via de mão dupla, ou seja qualquer um dos lados pode ser o primário, desde que se injete a tensão de forma alternada, e adequada de acordo com a tensão que foi projetado.

Porém quando se inverte o lado, por exemplo, se tenho um transformador que entra 110 volts de um lado e sai 15 volts do outro lado, se eu inverter, ele vai entrar 15 volts e sair 110 volts, bastante simples não é mesmo!

O que devo fazer?

Para realizar o processo de adequação do transformador que retirou do no-break, é bastante simples, basta você pegar os fios do secundário, (são os fios mais grossos que tem no transformador), manter os dois fios das extremidades, e separar os dois fios de cobre do center tap.

Neste ponto, teremos 4 fios no secundário, você deverá identificar quais pontas pertencem ao mesmo fio, e logo a identificação, deverá juntar as pontas que iniciam o enrolamento, e por fim juntar as pontas que finalizam o enrolamento, o transformador deverá ficar agora com apenas dois fios na sua saída, pois um inversor de onda senoidal se beneficia de uma configuração nos mosfets chamada de Pone H Full Bridge, e por este motivo temos que ter apenas dois fios.

Achou meio confuso? não se preocupe, basta visualizar no vídeo abaixo como deverá realizar o procedimento, registrei o processo passo a passo para facilitar o seu trabalho.

Conclusão

Espero que este artigo juntamente com o vídeo acima tenha tirado suas dúvidas, e ajudado você a fazer a modificação necessária para poder montar o seu inversor de onda senoidal básico.

Deixe nos comentários abaixo o que achou, e se tiver alguma dúvida, basta perguntar também nos comentários logo abaixo.

Atenciosamente,
Eduardo Aquino

 

 


Deixe um comentário

5 pensamentos em “Entendendo e Adequando o Transformador de No-Break para Inversor Senoidal

  • fabio

    Eduardo eu posso fazer um inversor de qualquer transformador de no break?
    e como faço esse medida com o osciloscópio sem queima o equipamento ?
    gostei muito do seus vídeos e do seu blog

    • Eduardo Aquino Autor do post

      Boa noite Fabio!

      Sim poderá utilizar qualquer transformador de qualquer no-break, porém terá que seguir os passo a passo que coloquei em vídeo para que consiga adequar o transformador.

      Veja neste link aqui no youtube, tem um passo a passo ensinando como fazer para identificar os fios de forma correta e segura.

      https://www.youtube.com/watch?v=bf1O9XHStZw

      Sobre a medida, que medida está se referindo para utilizar o osciloscópio? Seria para ver a forma de onda, ou as medidas para identificar e adequar o transformador? Se for, não precisa de osciloscópio para isto, veja o vídeo acima.

      Atenciosamente,
      Eudardo Aquino

  • fabio

    boa noite Eduardo sobre a medida com osciloscópio e fazer a medida na entrada de qualquer no-break ou inversor pra nao danificar o equipamento os pontos certos da medida se e preciso colocar a garra jacaré como terra nao vai da curto no equipamento?

    • Eduardo Aquino Autor do post

      Boa noite Fabio!

      Entendi, bom neste caso se for medir a saída do inversor poderá ligar direto e não tem Terra, nem negativo, pois é corrente alternada, e na saída de qualquer inversor não temos neutro.

      Já no caso de um no-break, se o mesmo estiver conectado a rede elétrica, ai tem que respeitar neutro e fase, sendo que a garra vai ter que ir no neutro, e a ponteira no fase, porém é altamente recomendável utilizar um transformador isolador entre a entrada AC dono-break e Rede Elétrica.

      Caso o no-break não estiver conectado a rede Elétrica, ai segue o mesmo procedimento de um inversor conforma falei acima.

      Atenciosamente,
      Eduardo Aquino